logo manifesto 6.png

MURAL DO SINASTT

  O grupo de Trabalho e Saúde do Instituto Walter Leser/Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, propõe a criação de um sistema intersetorial para aumentar o mercado de trabalho formal, melhorar as condições de trabalho e proteger a saúde dos trabalhadores.   A proposta foi apresentada no dia

5 de julho último em reunião ampliada, que contou com 60 lideranças e referências de diferentes segmentos sociais.  Neste mural estão registradas as ações de articulação dos que defendem a proposta em busca de mais adesões, com o objetivo de viabilizar a implantação do Sinastt.

megafone1.png

231
Assinaturas 

de lideranças

22
adesões de unidades sindicais

13

organizações do movimento social

megafone2.png

ADESÕES

vicentinho 1.jpg

DESTAQUE DA SEMANA, o deputado federal Vicente Paula da Silva, o Vicentinho, ex-metalúrgico, advogado, professor universitário e líder sindical, assinou o manifesto. Fundador e presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em duas ocasiões, Vicentinho traz para o movimento, o apoio de uma importante ala do movimento sindical, ao mesmo tempo em que abre uma frente de luta no Congresso,  necessária para a viabilização legal do Sinastt.

NO INTERIOR DE SÃO PAULO: As vereadoras do PSOL de Campinas, Mariana Conti, e do PT Piracicaba, Rai de Almeida, também aderiram.

Rai almeida.jpg
mariana conti.jpg

Rai, do PT e Mariana, do Psol

APRESENTAÇÕES

EDITH SELIGMANN
"Muitos de vocês, nos sindicatos, viram a relação entre a opressão, saúde mental e a aparente submissão dos trabalhadores"

megafone2.png

PARCERIAS

megafoneamar3.png

Julio Zavadil, sindicalista, membro do conselho gestor de Criciúma-SC, procurou o grupo para apresentar o sistema de informação para notificar acidentes e doenças relacionadas ao trabalho aberto a qualquer pessoa, oferecido pela ADVT em Criciúma. Júlio é um dos fundadores da associação e explica que o sistema permite alimentar outros bancos de dados e que está organizando um observatório de acidentes de trabalho. O encontro está sendo organizado.

CANDIDATURAS 2022: 
Apresentações detalhadas para o setorial de Saúde do PT nos âmbitos federal e do estado de São Paulo. O movimento também inseriu três propostas na plataforma Juntos pelo Brasil, que reúne sugestões ao programa de governo de Lula. Foram inseridas a proposta de criação do Sinastt, da "PNAD" de Segurança do Trabalho já em 2023 e do Disque-denúncia para Acidente de Trabalho.

Para saber mais sobre a proposta, assista à apresentação de Maria Maeno, abaixo, ou leia o Manifesto aqui

Para aderir ao Manifesto,

clique aqui

DEBATES

megafoneverm1.png

LUIZ CARLOS FADEL DE VASCONCELLOS e

ROSÂNGELA GAZE

 encaminharam a proposta original e os tópicos para o debate sobre a criação da Renast de 2002. "22 anos após o nascimento da 'rede que não enreda', penso que essa proposta continua atual", disse Fadel, que entende que o  Sinastt irá enfrentar os mesmos desafios de 2002, "acrescido dos que emergiram a reboque da dinâmica do mundo do trabalho no necroliberalismo". Fadel ressalta a necessidade de se democratizar o registro de condições de trabalho, acidentes e doenças, garantindo o direito a qualquer cidadão de notificar formalmente condições de trabalho inadequadas, acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho

megafoneverde2.png

EM SALVADOR-BA: Vereador e presidente da Comissão do Trabalho, Emprego e Renda na Câmara Municipal de Salvador (CMS), Augusto Vasconcelos (PCdoB), defendeu publicamente a criação do Sinastt, além de assinar o manifesto. 

vasconcelos - ver salvador.jpg

LÍGIA MENDES 
"isso ganha corações e mentes da nossa classe". 

megafone1.png

NO MOVIMENTO SINDICAL, 

o manifesto ganha forte adesão,  com 14 unidades sindicais e a assinatura individual de 58 sindicalistas e diretores de confederações na primeira semana depois da apresentação. 

LUIZ ALFREDO SCIENZA 
“Há uma série de retrocessos horrorosos. Para ter uma ideia, hoje os patrões, pela nova NR-1, podem dizer o que é risco e o que não é risco para os trabalhadores, infenso à ação do Estado”

megafone1.png
Rui Falcão 1.jpg

Rui Falcão, deputado federal (PT), apoia e assina o manifesto

NA MÍDIA

MÍDIA SINDICAL

  • Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (SindpetroLP) publica nota sobre o Manifesto. LEIA AQUI

  • Site do Sindicato dos Bancários destaca a proposta do Manifesto CLIQUE AQUI PARA LER

logo GT trabalho 4.png
Cícero Albuquerque.jpg

NO NORDESTE: dois pré-candidatos a governador aderiram e pretendem apoiar a implantação do Sinastt: Cícero Albuquerque (à esquerda), de Alagoas pelo PSOL, e Jones Manoel (à direita), professor, comunicador popular, historiador, escritor, de Pernambuco, pelo PCB. Paulo Lira (CEREST/PE), é outra adesão importante em Pernambuco.

Jones Manoel .jpg

CÉLIO PEREIRA DE JESUS
"Para discutir saúde tem que gostar, querer, compreender e ter compromisso"

megafone2.png

Proposta do Sinastt foi incluída nas diretrizes para saúde pública da Frente pela Vida, apresentada na Conferência Livre, Democrática e Popular de Saúde - 2022. Leia a carta entregue em mãos a Lula, que participou do evento  

ACOMPANHE A TRANSMISSÃO